Rolls-Royce anunciou na Farnborough International Airshow, que está a desenvolver um robot-bug ou robot-insecto, para auxiliar na reparação dos seus aviões com a finalidade de reduzir custos.
A Rolls-Royce acredita que esses minúsculos robôs inspirados em insectos vão poupar tempo aos engenheiros, servindo como olhos e mãos dentro dos confins apertados do motor de um avião.
O mais notável foi a Rolls-Royce assumir que poderá inclusivamente vir a “treinar” os seus robôs semelhantes a baratas, para completarem as reparações…

robots insecto

No passado, sabemos que a Rolls-Royce já criou protótipos do pequeno robot com a ajuda de especialistas em robótica da Universidade de Harvard e da Universidade de Nottingham. Mas alguns deles mediam um metro, ou metro e meio… E com essa dimensão, ainda são grandes demais para o uso pretendido pela empresa.
O objectivo é igualar a escala a um insecto até estes pesarem apenas algumas gramas, justamente como as baratas, que servem de modelo a esta inspiração. Sem sabermos aqui no Bit2Geek o que a Rolls-Royce já conseguiu desenvolver em segredo, não deixámos de estranhar o que um representante da Rolls-Royce disse à TNW ou seja, que deve ser possível ter estes robots dentro dos próximos dois anos…
Talvez apenas para filmar e para se deslocar ao local pretendido, mas não nos parece que seja para os próprios poderem fazer reparações. Pelo menos tão cedo.