cometas
Comet Lovejoy (C/2014 Q2).
Esta chuva de meteoros é relativamente modesta, embora ocasionalmente possa exibir explosões espetaculares. Na verdade espera-se que os Draconídeos, ou a chamada “chuva de meteoros” devam produzir apenas cinco a oito “estrelas cadentes” por hora em 2018 (a intensidade foi avançada pelo especialista em meteoros da NASA, Bill Cooke).