O seu nome é Pepper the Robot… E vai testemunhar no Reino Unido, na House of Communs, no Parlamento Britânico.

Não será um testemunho de tribunal, pois será dirigido a uma das câmaras de legisladores no parlamento, mas é um testemunho de Inteligência Artificial, e isso é algo que nunca vimos antes…

Portanto dia 18 de Outubro no “Thatcher Room”, Portcullis House, pelas 10 da manhã falará o Pepper (ver aqui o calendário do Parlamento)!

Sobre o que falará o Pepper?

O Pepper vai basicamente falar sobre si próprio e sobre os da sua espécie: os robots.

Estando a atravessar a Quarta Revolução Industrial durante os próximos 10 a 30 anos. Estamos a avançar para um novo conceito de interacção com a Tecnologia, e em particular com a introdução da Inteligência Artificial no nosso dia-a-dia. Numa palavra, estamos a chegar à Era da “Automação”, em que não somos obrigados a pensar, para fazer com que tarefas se repitam, porque para isso teremos os robots.

Essa mudança vai obrigar-nos a mudar significativamente do ponto de vista cultural.

O envelhecimento da população mundial com uma maior esperança de vida, vai obrigar a mudanças no cuidado com idosos, bem como a falta de tempo da população activa vai requerer menos tempo na atenção dada ás crianças.

De facto, um dos assuntos sobre o qual o Pepper vai testemunhar é justamente sobre a possibilidade de ser a Inteligência Artificial a ensinar crianças da Primária, e com necessidades especiais de aprendizagem.

Este parece-nos um horizonte ainda longínquo, mas de facto a legislação começa a ser preparada para introduzir estas alterações nas nossas vidas. E esta audição será já na próxima quinta-feira.

O presidente desta comissão parlamentar, Robert Halfon em entrevista á TES, explicou também que a introdução da Inteligência Artificial nas nossas vidas é uma grande preocupação do Parlamento Britânico, principalmente porque irá absorver muitos empregos que agora são desempenhados por humanos. E essa absorção não é mais do que a extinção desses mesmos postos de trabalho.

Robert Halfon ainda em declarações sobre este assunto disse á TES que “se temos a Marcha dos Robots, é melhor fazê-los marchar até à nossa Comissão, para que a Comissão possa desde já ficar com provas disso”.

O Pepper vai fazer uma demonstração de como as suas capacidades poderão vir a ter impacto futuro nas “skills” daqueles que com ele aprendem. É mais do que uma demonstração comercial. É mesmo um testemunho para legisladores, que terão que fazer leis justas para um Futuro próximo.

***Aceite a sugestão do Bit2Geek e leia Robots já começaram, a substituir humanos nos supermercados