dishcraft prato
Robot de lavagem de pratos (Dishcraft Robotics).

Lavar pratos é mais do que uma tarefa chata caseira. Na indústria da restauração, é um emprego pouco apreciado, sujo e de elevada rotatividade. A Dishcraft Robotics procurou resolver este problema desenvolvendo um sistema robótico de lavagem de pratos. Embora o robot não elimine totalmente a necessidade do elemento humano, automatiza o pior e mais repetitivo lado desta tarefa.

Dishcraft: O Robot Que Lava Pratos

Este robot foi concebido para o mercado industrial da restauração e hotéis. O seu sistema é capaz de analisar cada prato em busca de resíduos, combinando visão computacional e aprendizagem automatizada. Os pratos são pré-selecionados por empregados que os colocam em diferentes contentores, de acordo com o tipo de sujidade. Assim, o trabalho do algoritmo é facilitado. Dentro da máquina, o robot tem atuadores especialmente desenvolvidos para lidar com um material frágil. Um braço robótico pega nos pratos, em seguida uma escova rotativa especialmente desenvolvida efetua a limpeza.

O truque de usar operadores humanos para separar os pratos por tipo de sujidade não é o único que a Dishcraft usa. Este sistema robótico usa pratos especialmente desenvolvidos, com um elemento metálico para permitir ao braço robótico pegar neles com magnetismo. O objetivo da empresa não foi o de desenvolver um robot de lavagem de pratos generalista. Desenvolveu um sistema integrado que oferece a restaurantes e hotéis. Estes só têm de se preocupar em servir os clientes. A louça suja é entregue à Dishcraft para os seus robots a lavarem, e depois regressa aos seus clientes. Lavagem automatizada de louça como um serviço é o conceito de negócio por detrás deste robot.

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

 

***E clique em baixo para saber mais…

DARPA ALIAS: Controlar um Helicóptero com um Tablet

Artigo anteriorSabia que… Esta Impressora 3D Ajusta-se Sozinha?
Próximo artigoCapturas na Rede – 30 de junho: O Poder da Imagem
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.