bioimpressão 3D
3D Biofabrication Facility (Techshot).

A Estação Espacial Internacional vai contar com mais um equipamento de impressão 3D. Enquanto esperamos que o projeto Imperial, que conta com tecnologia portuguesa, seja enviado para a ISS, à impressora da MadeInSpace que já faz parte da estação irá juntar-se a 3D BFF.  Esta máquina inovadora servirá para testar capacidades de manufatura aditiva para ciências biomédicas no espaço através da bioimpressão.

3D BFF: Testar Bioimpressão em Órbita

A 3D BioFabrication Facility está escalada para ser enviada para a ISS numa das próximas missões da SpaceX, a CRS-18. Desenvolvida pelas empresas nScrypt, especializada em impressoras 3D, e Techspor, que desenvolve equipamento espacial, a 3D BFF será a primeira bioimpressora 3D no espaço. O objetivo é o de testar a capacidade de imprimir tecido humano em microgravidade.

Esta tecnologia tem aplicações para além das missões espaciais. A longo prazo, será possível dispor de um equipamento destes em missões de longa duração, capazes de imprimir tecido para intervenções na saúde dos astronautas. Mas, a médio prazo, esta tecnologia tem impacto direto na bioimpressão 3D para patologias específicas. Estudos indicam que a bioimpressão de tecidos musculares e vasculares em microgravidade é mais eficaz, e as estruturas bioimpressas mantém-se estáveis em gravidade normal. Tornar-se-á bioimpressão de tecidos vasculares uma futura indústria orbital? O projeto 3D BFF parece-nos um passo nessa direção.

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

 

***E clique em baixo para saber mais…

Em Cima, Tal Como em Baixo: Robots no Espaço e Debaixo da Terra

Artigo anteriorFCAS: O Futuro da Aeronáutica Militar Europeia
Próximo artigoSabia que… Este Braço Robótico Pode Ser Programado Por Qualquer Pessoa?
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.