São as grandes novidades para um futuro próximo: a invenção do Computador Quântico, o desenvolvimento de enzimas contra metastização do cancro do pulmão, as ilhas energéticas e o fim da queda do cabelo. Veja como:

Num futuro próximo pode acabar o problema da queda de cabelo…

Dois estudos recentes descobriram novas formas de combater a calvície em homens e mulheres, usando moléculas como os inibidores JAK, que “acordam” folículos de cabelo adormecidos, assim como terapias de células estaminais dirigidas ao crescimento de novos folículos.

Studies uncover new approaches to combat hair loss in men and women

No primeiro estudo, pesquisadores liderados por Angela Christiano, descobriram células previamente desconhecidas que mantêm os folículos dos pelos de ratos num estado de “descanso” e mostraram como, através da inibição destas células podem acordar folículos adormecidos.
Num segundo estudo, a equipa liderada por Christiano criou uma forma para fazer crescer cabelo humano numa placa de Petri, o que poderá abrir as técnicas de cirurgia de restauração de cabelo a mais pessoas, e melhorar a forma como as companhias farmaceuticas pesquisam novas substâncias para a restauração capilar.

Ver mais aqui!

Cientistas querem criar ilhas artificiais reciclar CO2 através da energia solar.

Chinese workers ride in a boat through a large floating solar farm project under construction by the Sungrow Power Supply Company in Huainan, Anhui province, China.
Créditos: CNN, campo de energia solar da empresa Huainan, na província de Anhui na China.

Cientistas da Suíça e da Noruega estão a tentar reciclar o dióxido de carbono da atmosfera e convertê-lo em combustível. Num estudo publicado em Junho no PNAS, a multidisciplinary scientific journal, um grupo de pesquisa propõe um grupo de ilhas artificiais flutuantes com células foto-voltaicas.

Como funciona: A energia criada pelas células foto-voltaicas produz hidrogénio e extrai o CO2 da água do mar. Os gases então reagem de forma a formar methanol, um combustível alternativo que pode ser usado em carros.

Poderá um plano tão ambicioso e provavelmente dispendioso salvar o mundo? Provavelmente não de forma isolada, e o mundo teria de deixar drasticamente usar combustíveis fósseis antes de tudo….

Contudo o que faz esta proposta diferente e em parte auto-sustentável é mesmo a produção de um combustível alternativo que os consumidores possam usar em alternativa.

Ver mais aqui!

Cientistas Chineses descobrem Enzima que pode travar a metastização do cancro do pulmão

Créditos: Yicai Global

Cientistas do Instituto Dalian de Fisico-química em parceria com o Instituto Shanghai de Bioquímica descobriram uma enzima que pode impedir que o cancro pulmonar crie outros tumores malignos no organismo.
A enzima em questão chama-se UDP-glucose 6-dehydrogenase e “desliga” a capacidade do cancro pulmonar de se metastizar, anunciou a Revista Nature.

As metástases estão envolvidas em cerca de 95% de todas as mortes relacionadas com problemas oncológicos, segundo o relatório publicado. E a China tem mais de 730.000 novos casos de cancro do pulmão cada ano, sendo que apenas 16% deles atingem os cinco anos de sobrevivência. Além disso a China é a nação que mais consome e manufactura produtos de tabaco em todo o mundo.

Este estudo é um enorme avanço na etapa inicial de se compreender os mecanismos através dos quais o cancro do pulmão se espalha para outros órgãos.

Grande avanço pode significar que o Google esteja prestes atingir a Supremacia Quântica

Quantum Computer, Computer, Technology, Quantum

O Google está perto de conseguir produzir um computador quântico prático, depois de uma recente descoberta nesta forma de computação revolucionária.

O director do Quantum Artificial Intelligence Lab do Google revelou à Quanta Magazine que o processador quântico mais avançado do seu laboratório estava a evoluir a um ritmo bastante mais rápido do que ele alguma vez julgou possível, num ritmo de crescimento que está a ser apelidado de “duplamente exponencial”.

Esta revelação significa que o gigante tecnológico pode estar a meros meses de atingir o que é conhecido por Supremacia Quântica, termo usado para aludir a uma nova era na computação ou seja, quando um computador “quântico” consegue resolver problemas que a computação clássica não é capaz.

Primeiro Modelo do Universo que usa Inteligência Artificial conhece partes da Ciência para as quais nunca foi treinado.

Um novo modelo tridimensional do Universo desenvolvido por uma equipa internacional de cientistas é rápido, preciso, e faz predições para as quais nem foi programado. Os criadores do sistema não fazem ideia de como o Deep Density Displacement Model (D3M) é capaz de simular alterações na matéria negra que nunca foi ensinado a calcular.
A Inteligência Artificial tem vindo a modelar acontecimentos astronómicos como explosões de supernovas até à formação de exoplanetas em redor de outras estrelas. Mas agora os investigadores estão a aproveitar o poder da IA para modelarem o universo de forma cabal, e com resultados surpreendentes. Como esperado, o modelo rapidamente provou ser mais rápido e preciso do que os sistemas anteriores. No entanto, sem qualquer intervenção humana no treino do D3M para esse fim, ele foi capaz de descrever modelos do universo com vários graus de matéria negra, deixando os cientistas perplexos.

“É como treinar um sistema de reconhecimento de imagens com inúmeras fotografias de cães e de gatos, e de repente o sistema mostra-se capaz de reconhecer elefantes também, sem treino prévio para isso. Ninguém sabe como o sistema está a fazer isto, e é mesmo um grande mistério”, declarou Shirley Ho, líder do projecto no Flatiron Institute’s Center for Computational Astrophysics e professora adjunta na Universidade de Carnegie Mellon.

 

Ver mais aqui!

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

 

***E clique em baixo para saber mais…

HEXA é um robot espantoso, adaptado à vida das plantas. Mas não só…