medicamentos
Comprimindo multiplanar impresso em 3D (Athlone Institute of Technology)

Graças à impressão 3D, a vida daqueles que tomam diversas medicações regularmente ficará mais simples. Um grupo de investigadores irlandeses está a desenvolver uma técnica que combina diversos medicamentos num comprimido personalizado e adaptado ao perfil genético de pacientes, utilizando impressoras 3D.

O Seu Medicamento, Saído da Impressora

medicamentos
Sistema de impressão de medicamentos (Athlone Institute of Technology).

O principal objetivo desta investigação é perceber como desenvolver metodologias de tratamento eficazes para pacientes que têm de tomar diferentes medicamentos. Para isso, imprimem em 3D comprimidos multicamadas, em que a cada camada corresponde um dos fármacos a tomar. Assim, torna-se possível adaptar a quantidade do fármaco às reais necessidades do paciente. Doseando, leva a que ele tome a quantidade exata de medicamento que necessita. Tem ainda um aspeto relevante de conforto, reduzindo a quantidade de comprimidos a tomar.

Para conseguir imprimir diferentes compostos químicos com dosagem rigorosa, os investigadores da Athlone Institute of Technology combinam impressão 3D e moldagem por micro-injeção. Os fármacos são injetados na dosagem exata adaptada à fisiologia do paciente. Para já, esta tecnologia ainda está no laboratório. Mas num futuro próximo, o ir à farmácia para ir buscar caixas de medicamentos padronizados, muitas vezes em quantidades superiores às necessárias, pode ser substituído por esta técnica. Usando máquinas de impressão, os farmacêuticos condensam os diversos fármacos em comprimidos personalizados às necessidades de cada utente. 

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

 

***E clique em baixo para saber mais…

Imprimir Pele Sobre Feridas, e Outros Avanços da Bioimpressão 3D

Artigo anteriorCapturas na Rede (1 de setembro): Às Voltas Com Ficção Científica
Próximo artigoSabia Que… Foi Implantado Um Osso Impresso em 3D?
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.