impressora

A bioimpressão 3D é uma das soluções investigadas para os problemas de saúde dos astronautas levantados pelas missões de longa duração. Graças a uma impressora 3D especialmente desenvolvida para a ISS, está a ser testada a impressão de tecidos ósseos em órbita.

Impressora Para Ossos No Espaço

A empresa russa 3D Bioprinting Solutions desenvolveu a impressora 3D Organ.Aut. O objetivo é estudar formas de biompressão para os resolver problemas levantados pela forma como as missões espaciais de longa duração afetam a fisiologia dos astronautas. Este equipamento foi enviado para a ISS no ano passado, numa missão Soyuz.

Esta impressora usa tecnologia magnética para imprimir biotecidos. O seu método usa a sedimentação magnética de moléculas de proteína, otimizado para ambientes de microgravidade. De acordo com os investigadores, conseguiram obter cristais com medidas entre os 300 e os 1500 microns, úteis para desenvolver medicamentos específicos.

Na ISS, a impressora desenvolvida foi usada para bioimprimir tecido ósseo, a partir do crescimento de fragmentos de estrutura óssea, usando fosfato de cálcio misturado com células vivas. Esta experiência destina-se ao desenvolvimento de biomateriais para ajudar astronautas com problemas ósseos causados pela exposição longa à microgravidade.

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

***E clique em baixo para saber mais…

IMPERIAL: Tecnologia de Impressão 3D Portuguesa na ESA

Artigo anteriorOs Neons: Os humanos virtuais que vão começar a viver no meio de nós!
Próximo artigoI-ris: O Veículo Autónomo Europeu Com Tecnologia Portuguesa
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.