histórias

Esta semana, fala-se de banda desenhada portuguesa, incluindo uma antevisão da próxima Apocryhus, e de H.P. Lovecraft. Descobrimos peças impressas em 3D para aviação, robots modulares e vídeo gerado por inteligência artificial. O passado da arte e as ruas do presente cruzam-se no Google Streetview, descobre-se o xadrez unidimensional, e visita-se uma Londres em confinamento. Estas e outras histórias, nas Capturas da semana.

Ficção Científica e Cultura Popular

Syd Mead: Sempre futurista.

Esta história aos quadradinhos também se conta em português: Uma análise à banda desenhada portuguesa, mostrando que é um género que, apesar das dificuldades de um mercado diminuto, está com imensa força criativa.

16 of the Most Inspiring Cityscapes in Science Fiction: O urbanismo ficcional é um dos mais fascinantes aspetos da ficção científica.

Apocryphus // Monstro!: A boa notícia é que a Apocryphus regressará com os eventos, agora suspensos pela pandemia. A má, é que teremos que aguardar. Mas, para aguçar a curiosidade, o editor deste que é dos melhores projetos de BD portuguesa da atualidade, deixa-nos um teaser com uma das histórias que poderemos ler na próxima edição da Apocryphus.

Robert Tinney, 1981: O pormenor da diskette minuaturizada.

Como envelheceu a primeira “Novela Gráfica” a popularizar este termo?: Bem, Will Eisner não envelhece. É, por muitas razões, um clássico canónico da banda desenhada. O ter sido um dos primeiros a criar o que hoje denominamos de romance gráfico é mais um dos aspetos que o tornam fundamental.

Um ensaio sobre o terror: cru, sarcástico e muitas vezes sangrento: Sobre o gosto pelo ecrã tenebroso, o cinema de horror como prazer culposo.

histórias

Peter Gudynas, 1982: Pois, anos 80. Tudo era gritante. E levemente feio.

One of Dracula’s Often Overlooked Inspirations Is the Indian Vetala: As lendas indianas sobre criaturas malévolas e a sua potencial influência no clássico de Bram Stoker. Se bem que a influência, a existir, poderá ter vindo das histórias de Richard Burton, que simplificaram as lendas originais hindus para os leitores vitorianos.

The Tragedy of H.P. Lovecraft: Revisitar a obra de um autor que quase ficou esquecido, mas se tornou, postumamente, um dos pilares fundamentais do terror na literatura e cinema.

Tecnologia

Airbus firm Satair delivers certified metal printed flying spare part: Peças impressas em 3D não são novidade na aviação, aqui o inesperado (mas a fazer todo o sentido), é o seu uso para resolver problemas de fluxo de reparação. Com dificuldades em encontrar peças de substituição, a manufatura aditiva é uma excelente solução.

Experimenting with Automatic Video Creation From a Web Page: Encontrar um bom texto e sintetizá-lo em vídeo poderá tornar-se um processo automático, com este novo algoritmo da Google AI.

Metal Spheres Swarm Together to Create Freeform Modular Robots: Robots esféricos modulares capazes de se unir para formar estruturas complexas. Faz lembrar o T-1000, não faz?

Who Gets Credit For Art Created By AI?: Na verdade, isto é uma não-questão. Arte gerada por IA não é clicar no botão e pronto. Implica treinar modelos, ou seleccionar dos já treinados. Os resultados também não são automáticos, há sempre um processo de selecção que assenta nas escolhas estéticas de quem usa o algoritmo. Mas discutir isto retira a aura de pós-humanidade que gostamos de atribuir à inteligência artificial.

What it’s like to get locked out of Google indefinitely: É o problema dos gigantes da internet. Se considerarem que violamos as suas muitas vezes opacas regras, bloqueiam-nos o acesso. E, com isso, perdem-se anos de informação pessoal e profissional.

Ford Uses Terrifying Robotic Dogs to 3D-Map Factory: O título é clickbaity, mas a notícia é mais comedida. O intrigante é o uso de robots para digitalização 3D de uma fábrica, para tornar o processo de reequipamento mais eficaz.

Estudo | Robots podem roubar empregos ao sector do jogo e do turismo: Ok, esta é inesperada. Uma análise do possível impacto da robótica na indústria do jogo macaense. No fundo, tudo o que for automatizável, sê-lo à.

Disney Research Makes Robotic Gaze Interaction Eerily Lifelike: É de notar que este desenvolvimento técnico se aplica à animatrónica, onde os robots são programados com movimentos específicos. Mas não deixa de ter o seu quê de uncanny valley.

Histórias de Modernidade

histórias
Classic Paintings in Google Street View: Para os amantes de arte, há um certo frisson quando se está numa rua e nos apercebemos que já a vimos, num quadro num museu. Esta galeria que sobrepõe pintura clássica e imagens do Street View mostra-nos a colisão entre geografia e história de arte.
The cheap pen that changed writing forever: Histórias da ubiqua esferográfica, que não se limitam à mais conhecida de Laszlo Biro.
How to play 1-dimensional Chess: No clássico Star Trek, fomos introduzidos ao xadrez tridimensional. Agora, podemos jogar xadrez unidimensional, uma variante inesperada do jogo milenar.

In Isolation, Listening To The World: Um mergulho na diversidade cultural e musical das rádios online, onde é possível ouvir sonoridades de todo o mundo.

Former US Navy fighter pilot explains why TOPGUN fines aviators $5 each time they quote the iconic 1986 film ‘Top Gun’ starring Tom Cruise: Porque os militares não têm sentido de humor? Até têm, mas o importante é sublinhar a aparência profissional da escola Top Gun. Onde… os pilotos vão mais alto, até à zona do perigo, sempre com necessidade, necessidade de velocidade. Desculpem, este filme de história pateta, atores canastrões, militarismo exorbitante e fabulosas cenas aéreas é um dos meus prazeres culposos.

City of London – October 2020: Londres, e todo o reino unido, regressam ao confinamento. Um último passeio pelas ruas da City, antes do recolhimento.

Extremely obscure aeroplanes we have so far neglected: Aquelas aeronaves que voaram, mas raramente se ouvem falar. Algumas são decididamente inesperadas, como o avião desenvolvido unicamente para o instituto geográfico francês. Algo diz que não foi um sucesso comercial.

“The New Europe”: Propostas para uma Europa unida, após a I Guerra. Uma união pan-europeia radial centrada em Viena. É curioso notar a ausência da península ibérica, escandinávia e ilhas britânicas desta utopia de europa unida.

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

***E clique em baixo para saber mais…

Impressão 3D: A Indústria do Futuro que já existe nos dias de hoje.

Artigo anteriorCapturas na Rede, 7 de Novembro: Forma
Próximo artigoMaker Faire Galicia: À Distância, Perto de Todos
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.