algoritmos

Esta semana, destacamos o programa online do Festival Contacto, destacamos o 1º Congresso Internacional What if? no Porto, a edição portuguesa de Hideshi Hino e os fantasmas no mundo digital. Fala-se da explosão artística gerada pela combinação de algoritmos CLIP e VQGAN, do lançamento da Virgin Galactic, e da captura de dados por dispositivos sonoros. Ainda se reflete sobre os efeitos do aquecimento global, influencers artificiais (para lá da óbvia redundância), e das impossíveis cacatuas em quadros renascentistas. Outras leituras vos aguardam, nas Capturas desta semana. 24

Ficção Científica e Cultura Pop

Lee Fitzgerald: Um dos concept artists que deu o aspeto visual à visão dos livros da série The Expanse.

1st International Conference of ‘What if?…’ World History: Uma excelente notícia, o congresso portuense sobre ficções especulativas internacionalizou-se. Visitem o link para conhecer o âmbito do congresso, bem como condições e datas. É bom ver este evento crescer e ganhar novas dimensões.

Hayao Miyazaki’s ‘Future Boy Conan’ To Get First-Ever North American Release This Year: Confesso, estou a partilhar isto porque mal vejo o nome, a minha memória enche-se com recordações da sonoridade e imagens do genérico de Conan, o Rapaz do Futuro. Posso não recordar os episódios que via religiosamente na minha infância, mas aquele genérico do rapaz a mergulhar nas cidades submersas ficou-me para sempre na mente. Um dos indícios do que me veio apaixonar pela ficção científica, antes saber quem era Miyazaki e a sua influência na cultura pop.

Panorama do Inferno: Não, de facto Hideshi Hino não é para todos. Aqueles que julgarem que o mangá são só aventuras juvenis irão ficar muito chocados com esta obra, que finalmente chega aos leitores portuguesas.

Why Watchmen Never Had A 9/11 (Rorschach #10 Spoilers): Um toque metaficcional, com a ilustração desta série a ir buscar uma imagem do seu argumentista enquanto soldado no Iraque.

Brian Lumley’s Necroscope Series to Be Adapted for New Horror Franchise: Na busca por temas para novas séries, revolve-se tudo, e diga-se que não é nada má ideia repescar esta série clássica de horror dos anos 80. A guerra fria com necromantes e vampiros deverá dar uma excelente série televisiva.

Contacto 2021: Se a passagem para online do Contacto não é a melhor das notícias, o programa está recheado de temas interessantes. Para lá da apresentação de livros, destacaria o olhar para Little Brother por Joana Fonseca, que me parece especialmente acutilante porque no mundo em que vivemos, algumas das tecnologias de hipervigilância se normalizaram no nosso dia a dia. Agora, o Carlos Silva e o Pedro Cipriano que me perdoem, as apresentações de livros serão especialmente amargas sabendo que não dá para sair do auditório e vir às bancas das editoras para os adquirir. Vou ter de reservar esse momento para o Fórum Fantástico.

algoritmos

Fangs Of The Serpent: Nunca desistir?

Conta-me, Escuridão – Mafalda Santos: Uma proposta intrigante, de contos fantásticos vindo de uma dupla nova de autora e ilustrador. Pessoalmente, confesso que um livro que faz apanágio dos blurbs que tem me deixa algo desconfiado, até porque o elogio de um Dino, ou de um Markl (sim, ele é geek encartado, mas apenas no lado pop do cinema e geektoys), não são exatamente inspiradores de confiança. Os autores irão estar no Contacto a apresentar o livro, vou estar com especial atenção à palestra.

Creepypasta and the search for the ghost in the machine: Assombrações digitais, ou, como observa o artigo, um détournement do conceito de espaço virtual de jogo com zona segura, revendo os velhos mitos dos medos do obscuro e desconhecido dentro do novo mundo virtual.

X-Men #1 Review: Visual Smorgasbord: Foi um bom reinício, cruzando os personagens clássicos com os novos, levando com piada a premissa de Krakoa, e realmente, com uma ilustração visualmente explosiva.

A verdadeira história dos quadros da Brasileira – a BD: Quando um café também é uma galeria dos artistas mais representativos da arte portuguesa. Esta curta BD recorda-nos a história dos quadros da Brasileira do Chiado.

Robert McCall: Visões clássicas.

The Orville Season 3: Scott Grimes Gets BDay Love; Meet “COVID Carrie”: Esta é uma das mais inesperadamente interessantes série de Ficção Científica actuais, que começou por ser uma sátira à estética e temática do clássico Star Trek, mas que evoluiu para um universo ficcional próprio.

Hiroshige’s Shadow Puppet Guide: Aprender a fazer sombras com as mãos, com um grande mestre do desenho japonês.

algoritmos

Hideo Suzuki’s 1978 album art to Osamu Shoji’s Welcome To The SF: Do surrealismo sci-fi do prog rock.

Star Trek: The Motion Picture Is Getting a Full Restoration and Re-Release: Colour me impressed. Marcado na agenda para assistir em cinema.

Algoritmos da Tecnologia

Generating images from an internet grab bag: Confesso, também tem sido a minha obsessão nos últimos dias, experimentar interfaces para combinações de algoritmos CLIP+VQGAN, algoritmos para gerar imagens a partir de inputs de texto, que podem ser combinados com imagens definidas por nós. Uma vez que não tenho controlo sobre os dados dos modelos de treino destes algoritmos – os Colabs dão-nos acesso a dados Imagenet ou WikiArt, entre outros, os resultados são especialmente imprevisíveis. Será arte, usar estes algoritmos para produzir imagens? Pessoalmente, creio que depende da forma como os usarmos. Se for apenas clicar nos botões e ver os resultados, não é um processo artístico. Mas se manipularmos de forma consciente os parâmetros que podemos alterar, e selecionarmos os resultados, sim, diria que é expressão artística.
Juul Bought an Issue of a Science Journal. Here’s What the uhh… Studies Say: Empresas a financiar estudos científicos não é nada de novo, a prática veio à luz com as tabaqueiras, que tentavam provar que não havia relação entre o fumar e o cancro do pulmão. Hoje, a face mais visível são os pretensos estudos que lançam dúvidas sobre as causas das alterações climáticas, geralmente patrocinados por firmas poluidoras. Neste caso, temos uma fabricante de cigarros eletrónicos que decidiu patrocinar uma edição de revista científica dedicada a mostrar que o uso destes produtos não tem riscos para a saúde. O conflito de interesses e enviesamento é demasiado óbvio.
15 Sony Gadgets That Were Too Weird for This World: A Sony sempre se caracterizou por ser muito inovadora, mesmo que o tenha feito com produtos que por vezes são de todo incompreensíveis.
We tested AI interview tools. Here’s what we found: Esta é daquelas notícias de sentimentos mistos. Por um lado, arrepia saber que decisões com impacto sobre a vida de pessoas, como obter um emprego, são automatizáveis a cargo de algoritmos. Por outro, não só acelera procedimentos como permite avaliações isentas, onde os preconceitos do entrevistador não são um factor. Isto, claro, assumindo que as lógicas de concepção dos algoritmos não têm enviesamentos.

Meet 4chan’s ‘Kommandos,’ the Armed Meme Lords Driving Gun Culture: Não surpreende que o 4Chan esteja a lançar novos movimentos de trollismo memético underground. Só surpreende que o 4chan ainda seja uma força cultural. Nota: se não conhecem este fórum, posso-vos dizer que conhecê-lo é uma boa forma de perder a fé na humanidade.

Roblox, explained: E de facto bem explicado. Até porque é um paradoxo, um ambiente aberto, com jogos e experiências criadas pelos próprios utilizadores, não se ajusta à experiência tradicional de jogos digitais. É um enorme sucesso, e com uma longevidade insuspeita. Se lidam com crianças e adolescentes, sabem exatamente porque é que a Roblox merece atenção: é uma daquelas plataformas que sucede por abrir espaço à criatividade individual.

Así es ERA, el avanzado brazo robótico europeo que se acoplará a la Estación Espacial Internacional en unos días: Uma adição bem vinda à ISS.

Rupert Murdoch’s answer to Google News is dead after only 18 months: Diga-se que um serviço com o nome Knewz não é exatamente inspirador de confiança, embora faça recordar os serviços web dos anos 90.

NASA Is Quietly Funding a Hunt for Alien Megastructures: Usando as técnicas para descobrir exoplanetas, poderá ser possível detetar indícios de eventuais civilizações alienígenas, algo que a NASA está a estudar.

My proposal for scaling open source: don’t: Um ponto de vista inesperado. Geralmente, quem se dedica ao open source advoga que os princípios abertos deveriam ser generalizados. Mas, como observa este artigo, para isso acontecer levantam-se problemas de infraestrutura. Talvez, mais importante do que considerar que o Open Source deveria ser adotado por todos, é construir aplicações que vão ao encontro das necessidades de nichos específicos.

PocketBook InkPad Color, análisis: la tinta electrónica a color viene para quedarse y este es el primer paso: Honestamente, não vejo muita utilidade para leitores e-ink a cores, para lá de banda desenhada e livros ilustrados. Mas para isso, teriam de ter maior gama cromática. Ou seja, estão a competir num segmento em que os tablets já respondem às necessidades de nicho. Embora, claro, haja algo em que qualquer leitor e-ink é imbatível: a nitidez de leitura ao ar livre.

The Joyride Era of Space Travel Is Here: Bem, estamos na semana das disputas entre bilionários na corrida espacial, e começamos por Branson, que ao fim de alguns anos a desenvolver o sistema Spaceship One, se lançou num voo suborbital (embora reclame ter chegado ao espaço, um pouco da mesma forma como qualquer um de nós pode ir a uma linha de fronteira, colocar um pé do lado de lá e dizer que foi a outro país). Segue-se Bezos  com o New Shepard. Em termos técnicos, estas brincadeiras não são muito significativas, a Space X já tem a primazia na capacidade privada de colocar astronautas em órbita. Onde são interessantes é em serem aquilo que são: malta endinheirada a divertir-se indo a sítios inauditos. Recordem: há três séculos atrás, o mesmo espírito animou a nobreza inglesa a visitar a Europa, no rito de passagem conhecido com grand tour. Nasceu aí aquilo que se veio a tornar a moderna indústria do turismo. E se tiverem dúvidas, passem pelo Museu Gulbenkian, onde podem contemplar os souvenirs adquiridos por estes proto-turistas em Veneza, ou seja, as vedutta de Canaletto e Guardi.

AI Generated Art Scene Explodes as Hackers Create Groundbreaking New Tools: Como o artigo observa muito bem, uma vez que a OpenAI não libertou o DALL-E, hackers e artistas cruzaram diferentes GANs com a CLIP para obter resultados inesperados. Também sublinha que estas ferramentas implicam um diálogo criativo, em que quem as usa equilibra os algoritmos com modelos de treino, aleatoriedade, mas também a intencionalidade do utilizador.

TikTok’s catfish problem is worse than you think: Anotem este termo: CGI Influencer – aqueles que nas redes sociais utilizam extensivamente algoritmos e ferramentas de manipulação de imagem, incluindo inteligência artificial, para parecerem aquilo que fisicamente não são.

Your Devices Are Chatting About You Behind Your Back: Uma análise às técnicas de rastreamento digital através de audio, captura de voz e ultrassons. Não é um artigo tranquilizante.

25 códigos, funciones y trucos para buscar en Google exprimiendo al máximo su motor de búsqueda: Alguns são bem conhecidos, outros um recordar que podemos usar operadores lógicos, mas é sempre bom recordar truques para melhorar as pesquisas que fazemos.

54 aplicaciones imprescindibles para tus vacaciones de verano: Se descontarmos as aplicáveis à realidade espanhola, e as apps expectáveis, há aqui sugestões interessantes para obter mais informações sobre os nossos destinos de viagem.

Robots Are Now Sculpting In Carrara Marble: Substituir o braço do artista pelo braço robótico e algoritmos? Alguns mais puristas podem arrepiar-se com isto, mas na verdade, o mundo da arte pode envolver este tipo de experiências. Se bem que neste caso, parecem mais dedicados ao lado decorativo do que criativo.

Responsive Paintings Do It with Heat and Light: Um projeto intrigante que alia arte e tecnologia, onde os dados dos visitantes alteram as cores na obra de arte.

Heart Aerospace raises $35M Series A, lands order with United and Mesa Airlines for 200 aircraft: Um sinal de investimento em tecnologias aeronáuticas mais limpas, apostando numa frota de aeronaves com motor elétrico.

Is our machine learning? Ars takes a dip into artificial intelligence: O primeiro problema advindo do uso de algoritmos de inteligência artificial – como definir que problema será tratado. E, em seguida, perceber que tipo de dados se adequam.

Get Yourself A Pupper (For Education): Mais um intrigante projeto de robot canino, pensado para aprender algoritmos e robótica.

Modernidade

algoritmos
People Staring at Computers: Recordar um projeto artístico baseado nas selfies que as pessoas tiram quando experimentam computadores nas lojas, e que levou o artista a meter-se em sarilhos com a Apple.

18 Forbidden Places You Can’t Visit: De tesouros naturais a locais muito perigosos, há sítios onde por muita vontade que tenhamos, colocar lá os pés não é aconselhado.

So happy to see you: our brains respond emotionally to faces we find in inanimate objects, study reveals: A psicologia por detrás da pareidolia, esse fenómeno da percepção que representa uma colisão entre a nossa capacidade de reconhecimento muito rápido de padrões visuais com as respostas empáticas às faces.

How Do We Determine Good Taste?: Todos achamos que o temos, mas o que é que realmente define o conceito de bom gosto? Claro que a resposta nunca é linear ou simples.

Five Million People Die Every Year Now Due to Abnormal Temperatures, Study Reports: A nova pandemia do século XXI? Nem por isso, as consequências das alterações climáticas são bem conhecidas. Temo é que mesmo a sofrer as primeiras consequências graves, não iremos acordar para o problema.

Pfizer 3.0: la farmacéutica prepara su tercera dosis para asegurar su eficacia contra la variante como la Delta: Não há grandes surpresas aqui, entre as mutações que levam a variantes e a degradação do efeito da vacina ao longo do tempo. A vacina da Pfizer apenas está a ser a primeira onde está a ser testada a eficácia de terceiras doses.

An Utterly Depressing A-Z of Aircraft: Uma espécie de Devil’s Dictionary para a aviação. Não percebi a referência à Portela. Certeiro nas paixões por aeronaves alemãs da II Guerra, onde a verdadeira paixão talvez não esteja na aviação.

Will China invade Taiwan?: Que probabilidades haverá de Taiwan ser um ponto focal numa futura guerra entre China e E.U.A.? Menos elevadas do que se pensaria, dada a política chinesa de recusar a independência da ilha, mas não negligíveis.

On damsels and influencers: O social papel das damas de companhia na idade média, comparado sob o nosso prisma dos social media influencers (é um argumento com piada, merece ser lido), e a origem da palavra donzela, designando uma idade feminina onde já não se é criança mas ainda não se é mulher – não, o nosso termo adolescente não é equivalente, uma vez que o conceito de donzela se prendia mais com moralidade do que desenvolvimento físico e psicológico.

An Estimated 1 Billion Sea Creatures Cooked to Death in the Pacific Northwest Heat Wave: Um caso típico de quem se trama é o mexilhão. Piadas à parte, esta notícia mostra bem o impacto catastrófico das alterações climáticas sobre os ecossistemas. Notem que isto, geralmente, faz efeito bola de neve com consequências que se repercutem ao longo do ecossistema.

Why The American Sitcom Has Endured for So Long: Analisar a perenidade, longevidade e influência cultural, deste formato específico de televisão.

Where Did That Cockatoo Come From?: Da riqueza dos detalhes. Uma análise a um quadro renascentista revela uma incongruência – o retrato de uma ave nativa da australásia, pintada numa europa que ainda não conhecia estas paragens. Na verdade, é um dos muitos indícios de que a globalização tem sido uma constante na história humana, com rotas de trocas comerciais a interligar a Ásia e Europa muito antes dos Descobrimentos, e da nossa globalização contemporânea. É o que explica a presença de cacatuas em Mântua.

How much shipping can we get through a warming Arctic?: Notem que a abertura das passagens do Noroeste, devido ao aquecimento global, não é de todo algo positivo.

An Archivist Sneezes on a Priceless Document. Then What?: Imaginem-se numa biblioteca, segurando um tomo raro nas mãos, e… espirram? É cenário de pesadelo, mas os arquivistas que se dedicam ao restauro bibliográfico enfrentam problemas bem piores. Um vislumbre sobre as tecnologias que mantém a longevidade dos livros.

***IMPORTANTE***

Não se esqueça de ajudar o Bit2Geek a crescer nas redes sociais, para termos mais colaboradores e mais conteúdo, 👍? A sua ajuda muda tudo!

***E clique em baixo para saber mais…

Da Robótica ao Pensamento Computacional: Educação para o Século XXI

Artigo anteriorCapturas na Rede, 17 de Julho: Artificial
Próximo artigoCapturas na Rede, 31 de Julho: Tecnologia
Professor de TIC e coordenador PTE no AEVP onde dinamiza os projetos As TIC em 3D, LCD - Clube de Robótica; Fab@rts: o 3D nas Mãos da Educação, distinguido com prémio de mérito da Rede de Bibliotecas Escolares. Distinguido com o prémio Inclusão e Literacia Digital em 2016 (FCT/Rede TIC e Sociedade). Licenciado em ensino de Educação Visual e Tecnológica, Mestre em Informática Educacional pela Universidade Católica Portuguesa. Correntemente, frequenta pós-graduação em Programação e Robótica na Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tutor online na Universidade Aberta. Formador especializado em introdução à modelação e impressão 3D em contextos educacionais na ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática) e CFAERC. Co-criador do projeto de robótica educativa open source de baixo custo Robot Anprino. Colaborador do fablab Lab Aberto, em Torres Vedras. O seu mais recente projeto é ser um dos coordenadores do concurso 3Digital, que estimula a utilização de tecnologias 3D com alunos do ensino básico e secundário.